Falha de segurança expõe dados de jornalistas e influencers que foram à E3 2019

Graças a uma falha de segurança no site da Entertainment Software Association (ESA), os dados pessoais de mais de 2 mil jornalistas, influenciadores e analistas de mercado que atenderam a E3 2019 foram expostos na internet.

O vazamento inclui dados sensíveis de figuras da mídia. A ESA, organizadora da feira de games, já removeu a planilha com as informações, mas ela já foi copiada em sites e fóruns externos.

“A ESA foi notificada de uma vulnerabilidade no website que levou à lista de contato de jornalistas registrados que atenderam a E3 ser levada ao público”, diz o comunicado da organização. “Assim que fomos notificados, imediatamente tomamos medidas para proteger estes dados e desativamos o site, que não está mais disponível. Lamentamos o ocorrido e implementamos medidas para garantir que isso não ocorra novamente.”

Esta falha de segurança e o vazamento podem trazer riscos para as pessoas listadas, por incluir dados pessoais que podem ser utilizados por indivíduos ou grupos mal-intencionados. A reputação da ESA também deve sofrer um grande impacto negativo com isso.

É possível ainda que ações legais sejam levantadas contra a organização, em particular na União Europeia e suas leis e regulamentações da GDPR, já que cidadãos destes países foram afetados pelo vazamento.

TUDO SOBRE GAMES