Lollapalooza | Gabriel O Pensador faz celebração musical com multidão

O show do Gabriel, o Pensador na tarde do Lollapalooza 2019 reuniu uma multidão impressionante na frente do Palco Onix. Em uma hora de batidas que não pararam, a galera assumiu totalmente o espírito do show de rap, desde os primeiros versos de “To Feliz (Matei o Presidente)” até as notas finais de “Até Quando?”.

A primeira faixa, lançada na presidência de Michel Temer, foi o momento mais político do show, que se desenvolveu mais em torno de energia positiva e boas vibrações. Todo o público foi rapidamente tomado pelo clima criado pela banda impressionante de Gabriel, com muita batida, um DJ que não deixou a música parar, e percussões cativantes. Não demorou para que o clima de nostalgia pairasse no Lollapalooza, que cantou junto a letra de “Patria Que Me Pariu” e “Cachimbo da Paz”, faixas do álbum Quebra-Cabeça, de 1997.

O rapper se mostrava grato pelo amor do povo com muitos sorrisos e energia, mas o show foi um compilado apressado das faixas de sua carreira, sem intervalos para grandes discursos, apenas pausas para apresentar a banda e trazer ao palco parceiras de composição e gravação, como Taís Alvarenga e Amanda Coronha. O som do Palco Onix teve dificuldades apenas nos momentos em dueto, quando os microfones demoravam a se ajustar às diferentes vozes, mas de modo geral, as produções do DJ, que ficava ao meio e acima do palco, soaram perfeitamente.

Um dos elementos mais bonitos da apresentação de Gabriel, o Pensador, é que ela se desenvolve como uma celebração da música brasileira, muito bem recebida. Quando o artista homenageou Charlie Brown Jr., em um cover de “Zóio de Lula”, o público agradeceu com muito coro, e a emenda com “Fé na Luta” arrematou um momento emocionante. O clima foi quebrado rapidamente por um freestyle divertido, que comprovou os talentos do rapper, mas retornou novamente quando em “Palavras Repetidas” o público tomou conta do refrão, com trecho de “Pais e Filhos”, do Legião Urbana. Foi uma apresentação de rap mas com momentos ecléticos, que fizeram muito sentido com o perfil do Lolla.

Gabriel, o Pensador pareceu se divertir o tempo inteiro, feliz de ver uma plateia que preenchia até o fundo do gramado na área do Palco Onix. Sua apresentação foi precisa, com uma dose certa de nostalgia, música brasileira, e hip-hop, com muita energia positiva.