O roteirista C. Robert Cargill, parceiro de Scott Derrickson em Doutor Estranho e outras produções, falou durante um encontro com fãs em Austin (via MovieWeb) sobre os planos para a continuação para o filme do Mago Supremo da Marvel.

Para vocês que leram os quadrinhos, vocês sabem que o Barão Mordo tem um arco muito particular e isso foi algo que discutimos com Chiwetel Ejiofor enquanto trabalhavámos no primeiro filme. Parte do motivo de Chiwetel querer interpretar Mordo é que o personagem tem uma finalidade definitiva e fascinante. Sei que independente de eu e Scott fazermos o próximo filme, a Marvel tem planos de trabalhar em torno desse fim e fazer de Mordo mais do que um vilão caricato, levando para o nível de Loki. Esse é o objetivo com ele“, explicou.

Esse objetivo incluiria trazer de volta o vilão pensado para o primeiro filme, mas que foi inicialmente descartado por ser complicado demais: “Pesadelo será o vilão (…). Alguns dos melhores filmes da Marvel têm mais de um vilão. Eu e Scott ainda não definimos tudo, mas posso dizer que se Pesadelo está envolvido, Barão Mordo, sendo alguém que se considera o defensor da ordem natural das coisas, estará envolvido“.

Criado por Stan Lee e Steve Ditko, Pesadelo é um demônio, oriundo da Dimensão dos Sonhos, que atormenta os seres humanos durante o sono. Apesar de ser onipotente em sua dimensão, Pesadelo necessita da energia liberada pelo medo dos humanos para sobreviver.

Leia mais sobre Doutor Estranho

Isso vai fechar em 0 segundos