feira 2

Alegria e muita emoção na abertura da 15ª Feira do Livro de Torres, que será realizada de 11 a 15 de novembro, na Avenida Itapeva, no Centro da cidade. Bandas marciais, solenidade de abertura e espetáculo do Projeto Musi & Tae apresentaram, para o público presente, uma mostra do que propõe o evento cultural.

As bandas marciais das escolas Quartiero, Jorge Lacerda, Sagrado Coração e Alcino Pedro Rodrigues partiram de seus endereços de origem e vieram pela cidade convidando a população a participar do projeto que trará escritores, livreiros, mateada, livro solidário, happy hour entre outras propostas onde o livro é o grande espetáculo.

A solenidade de abertura contou com a presença da prefeita Nílvia Pinto Pereira saudando as escolas que estavam na praça, simbolizando todas as outras que trabalharam com as obras dos autores convidados, apoiados e incentivados pelos professores das escolas do município. “Aquele que lê muito e anda muito, vê muito e sabe muito”, usando esta citação de Cervantes a prefeita salientou a importância do ato de ler para o conhecimento de todos.

Estavam presentes no ato de abertura o presidente da Câmara de Vereadores de Torres, Gibraltar Cipriano Vidal, os vereadores Marcos Paulo Klassen e Maria de Lourdes Fippian dos Santos, o sub gerente do Sesc Torres, Jardson Cintra Pires, a diretora do Senac, Luciane Cauduro, a gerente do Banrisul, Patricia Hoffmann, secretários municipais, o patrono Kalunga, a anfitriã Vírginia Serpa , equipes e público em geral.

Oficialmente a feira foi aberta pelo espetáculo O caminho dos pés, das mãos e do coração, do Projeto Musi & Tae, emocionando o público que aplaudiu de pé as belas canções tocadas pelos jovens que compõe a orquestra.

A programação continuou com a autora Lara Luft, happy hour com Leandro Cavalari, música na feira com Denver Reginato e projeção com Academia dos Escritores do Litoral Norte.

Isso vai fechar em 0 segundos