Personagem ainda não foi revelada pela Marvel, mas sabe-se que o Thor “não é mais digno” da arma

img-1024641-thor-mulher-1
FOTO: DIVULGAÇÃO

A Marvel prometeu uma notícia “trovejante” (ao fazer uma brincadeira com a palavra em inglês “thundering”, derivada de “thunder”, que significa trovão) e cumpriu. A editora de quadrinhos vai tirar o martelo de Thor das mãos do herói nórdico e passará a arma para uma personagem feminina. O anuncio foi feito nesta terça-feira, 15, no programa The View, que tem entre as apresentadoras a atriz Whoopi Goldberg e é exibido pela emissora de TV norte-americana ABC.

 

A conta oficial do Twitter da emissora comentou a mudança com exclusividade, afirmando que “Thor não é mais digno do Mjölnir e, agora, uma mulher irá empunhar o poderoso martelo de uru” – “uru” é uma espécie de metal só encontrado em Asgard (mundo de Thor) e com o qual a arma é feita. Veja abaixo o tuíte da emissora.

@Marvel announces that Thor is no longer worthy of Mjolnir, and now a woman will be wielding the mighty Uru Hammer! #TheView

No início da tarde desta terça, a Marvel divulgou mais detalhes no site oficial ao anunciar uma nova série de quadrinhos do herói, chamada apenas Thor, escrita por Jason Aaron (de Thor: God of Thunder e Original Sin) e com arte complementar de Russell Dauterman (Nightwing e Cyclops).

 

“Quem é ela? De onde ela veio e qual é a conexão dela com Asgard e o universo da Marvel?”, questiona o texto. As respostas, contudo, ainda são pouco precisas. “A inscrição no martelo de Thor diz: ‘Aquele que empunhar este martelo, se ele for digno, terá o poder de Thor’. Está na hora de atualizarmos essa inscrição”, disse Wil Moss, editor da Marvel, enfatizando que o “ele” inscrito na arma deveria mudar, pois o personagem não será mais um homem. Ele ainda afirma que a editora de quadrinhos está empenhada em manter a “tradição de personagens femininas fortes como a Tempestade, Viúva Negra e outras”. “Este novo Thor não é um substituto feminino temporário – ela é, agora, a única Thor. E ela é digna!”.

 

A ideia de que a mudança é definitiva – dentro dos padrões da Marvel que, convenhamos, é pouco confiável – é reforçada por Jason Aaron, criador da série. “Não é She-Thor. Não é Senhora Thor. Não é Thorita. É o Thor do universo Marvel. Não é como nenhum outro Thor que você viu antes.”

 

Thor será o oitavo título de HQ da editora liderado por um personagem feminino. Thor, o personagem, foi criado pelos geniais Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby no início da década de 1960. Nos cinemas, o herói é interpretado por Chris Hemsworth. O personagem voltará às telonas em Os Vingadores 2: A Era de Ultron, marcado para maio de 2015.

Isso vai fechar em 0 segundos